Vale do RosmaninhoVale do Rosmaninho

…breves considerações da época e criação de raínhas 2013…

Tem sido um ano esgotante, pois os objectivos que nos dispusemos em alcançar, apesar de serem possíveis, requeriam muita dedicação, empenho e acima de tudo espírito de sacrifício…
 

Além de uma “hérnia discal”, conseguimos triplicar o nosso efectivo de colmeias e uma produção de cerca de 1000 raínhas, onde facilmente iremos atingir as 1500 até ao Outono.
 
 
Foi uma época que começou com grandes fluxos de néctar, logo após dias sucessivos de chuva e frio, provocando o caos nas colmeias, pois rapidamente começaram a bloquear os ninhos, levando à enxameação e substituição de raínhas… mesmo em raínhas novas…
 
Na criação de raínhas, o facto de termos várias criadeiras  a “transbordar” de abelhas, provocou algumas dificuldades de maneio, pois foram as primeiras a querer enxamear… mas felizmente nada que não se ultrapasse e não seja normal de acontecer…
 
 
Foi uma época que aprendemos mais um pouco e subimos mais um “patamar” na experiência e confidência na criação de raínhas “em modo profissional”, onde pequenos pormenores fazem a diferença entre “produzir raínhas” e produzir “raínhas de qualidade“!

– Alvéolos reais de grande qualidade –
 
– Pormenor das cúpulas cheias de geleia real, sinal que a raínha foi devidamente alimentada e tratada –
 
Atendendo ao material que dispomos, podemos considerar que o número de raínhas produzidas até ao momento é baixo, contudo, de que nos serve “abarrotar” de cúpulas as criadeiras para produzir o máximo de raínhas quando sabemos que irão ficar mal alimentadas, não recebendo os cuidados devidos pelas suas abelhas amas…?
 
Também aprendemos a evitar fazer picking em dias de calor e onde os dias seguintes terão a mesma previsão, principalmente humidade relativa muito baixa, pois além de provocar baixa aceitação nota-se que os alvéolos não recebem a mesma atenção. Preferimos esperar por dias de entrada de humidade… a diferença é do dia para noite…
 
O descanso nas criadeiras é outro factor importantíssimo, pois a produção de geleia real esgota muito as abelhas, notando-se altos e baixos em algumas das criadeiras no que toca à aceitação e produção de “bons alvéolos reais”. Foi um pormenor que nos despertou à atenção, pois sempre que usamos uma colmeia pela primeira vez para criar raínhas, a aceitação é sempre muito boa e os alvéolos ficam maravilhosos… faz a diferença dar descanso de uma semana às criadeiras.
 
As incubadoras são um instrumento muito bom, pois permite-nos desimpedir as criadeiras e melhor que tudo, planear adequadamente a entrega dos alvéolos e das raínhas aos clientes, sendo um facilitismo importante, pois evita a deslocação aos apiários apenas para entregar “material vivo”.
 

 
Por fim, a aposta em trabalhar apenas com alvéolos reais e raínhas virgens foi um sucesso, não só para nós como para os nossos clientes que nos consumiram as raínhas quase todas… andando sempre à rasca para satisfazer as necessidades da nossa exploração.
 
 

– Alvéolo já roído e raínha virgem quase a ser libertada –

Para conseguirmos produzir esta quantidade de raínhas fecundadas, fazendo as contas à mão de obra, custos, falhas, despovoamentos, consumo de abelhas para povoar, alimento, etc, etc, etc, nunca se tornaria rentável… a não ser que nos especializássemos de uma vez por todas, e não fizéssemos mais nada.

 
Vamos continuar a trabalhar com alvéolos reais e raínhas virgens, pois os desdobramentos quando são “bem feitos”, a taxa de insucesso é muito baixa… bem abaixo dos núcleos de fecundação. Economicamente, nem vale a pena comentar…
 

– Criação compacta, um requesito na selecção –
De momento suspendemos a criação de raínhas, pois é tempo de repor forças para a transumância, preparar as colmeias, fazer os últimos desdobramentos, inseminar raínhas com as recentes colónias que foram selecionadas e rezar para que seja um bom ano no castanheiro e carvalho.
 
 
João Tomé
…um apicultor, pela apicultura…
  • Unknown
    Unknown
    18.07.2013

    Bom dia Sº João Tome
    Só uma pergunta.
    Quando se faz o desdobramento (Leva-se para mais de 3km) mete-se logo o alvéolo real ou só se mete passadas as 8 horas depois das abelhas se sentirem organizadas.
    Se as abelhas não forem todas da mesma colmeia (quando se esta a fazer o desdobramento) pode-se levar lodo para outro apearia ou é melhor fechadas 24horas até elas se acostumarem umas com as outras, e a então depois abri-las, e colocar-lhe o alvéolo real.
    Obrigado pela ajuda.

  • Unknown
    Unknown
    18.07.2013

    gosto de acompanhar o blog e fico satisfeito pela evoluçao demonstrada que demonstra bem o caminho certo para a nossa apicultura progredir, cumprimentos

  • Miguel Maia
    Miguel Maia
    18.07.2013

    É assim mesmo!!!! Bom trabalho!!!! MM

  • Unknown
    Unknown
    18.07.2013

    Olá

    Ditados populares como: "a sorte protege os audazes" e "quem não arrisca não petisca" aplicam-se plenamente ao seu caso.
    Fantástica a primeira foto apresentada e símbolo de todo o trabalho, canseira e, provavelmente, noites mal dormidas a projetar os próximos passos.
    Nesta altura, pelas suas palavras, ainda, não se pode dizer que está na hora do descanso do guerreiro, mas essa hora, bem merecida, há-de chegar.
    Parabéns pelo trabalho e pela paciência para ainda manter este blog ativo.
    Carlos Fernandes

  • Anónimo
    Anónimo
    18.07.2013

    Muitos Parabéns pela entrevista que acabou de passar na RTP!
    Deu para ver que tem tudo muito organizado e profissionalizado. Gostei imenso e revejo nesse projecto o que espero ser também o meu futuro emboara a 200Km de distância.

    Cumprimentos,

    Abelhasdoagreste

  • Anónimo
    Anónimo
    07.10.2013

    Bom dia
    Queria comprar uma chocadeira mas não sei qual.
    Gostaria de saber qual me recomenda.
    Comprimentos
    Paulo Pereira

  • Rosmaninho
    Rosmaninho
    07.10.2013

    Olá Paulo Ferreira,
    Sem querer fazer publicidade, na empresa http://www.saidacasca.com, existem muitas chocadeiras que servem perfeitamente, não precisa de ser especial para raínhas.

    Cumprimentos

  • Rosmaninho
    Rosmaninho
    07.10.2013

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • Anónimo
    Anónimo
    07.10.2013

    Bom dia
    E obrigado pela resposta, mas com sou abusador, aqui vai mais uma pergunta.
    Que tipo de raça de abelhas usa a (Apis Melifera Melifera chamada Iberica) ou a (Apis lingustica chamadas Italianas)
    E Já agora os alvéolos reais passam-se para a chocadeira ao 4 ou 5 dia!
    Mais uma vez obrigado pela ajuda que me tem dado.
    Paulo Pereira

  • Rosmaninho
    Rosmaninho
    07.10.2013

    Bom dia,
    A raça que uso é a Apis Mellifera Mellifera Iberiensis, Ibérica.
    Os alvéolos são passados ao dia 9, ou seja dia 5 após o picking.

  • Anónimo
    Anónimo
    10.12.2013

    Já agora e qual o grau de umidade!

Comments are closed.

 
footer9b